Veja Também
Carregando...

A fama de egoísta sempre pega para o lado dos gatos. Mas não é bem assim.
Eles gostam tanto e prestam tamanha atenção nos donos que até imitam seus hábitos.
E não só isso. É com base nas suas reações e expressões que eles percebem o mundo – e descobrem como devem reagir às novidades.
A conclusão é de um estudo italiano. Pesquisadores convidaram 24 gatos e seus donos para ver se os animais prestavam atenção às reações dos humanos.
   Cada dupla foi colocada em uma sala com um ventilador cheio de fitas plásticas verdes. A única saída de fuga da sala ficava em um ponto onde estavam uma tela e uma câmera.
  
“A ideia era avaliar se os gatos usam a informação emocional fornecida pelos donos sobre um objeto desconhecido para guiar seu comportamento”, diz a pesquisa.
     Para isso, ao entrar na sala, os donos observaram o ventilador de forma neutra.
   Em seguida, mostraram uma reação negativa (medo, afastamento do objeto) ou positiva (felicidade) – sempre olhando do gato para o ventilador e do ventilador para o gato.
    Em 79% das vezes, os animais observavam o objeto e o dono, como se tentassem entender o que estava acontecendo.
    Quando a expressão era negativa, os bichinhos começavam a olhar mais para a tela, onde ficava a única saída.
   “Era a única saída possível. Então, olhar para a tela e depois para o ventilador sugere que os gatos estavam preocupados e queriam encontrar uma maneira de fugir”, conclui a pesquisa.
     É por isso que você precisa prestar mais atenção às suas reações. Se você sente medo ou raiva, seu gato pode perceber. E copiar os mesmos sentimentos.
Fonte:www.exame.com