Veja Também
Carregando...

Filhote, em muitas às vezes, sinônimo de ciúmes ao cão mais velho. Saiba o que fazer nesta hora acaso o antigo morador sinta ameaçado quando um novo amiguinho chegar nesta casa.

Um xixi em local em que o cão ‘mais velho’ não estava acostumado fazer, um rosnado aqui e pronto, a briga por teritório começou. ‘Ter jopgo de cintura e paciência é a primeira dica para quem pretende adquirir um outro cão.

Abaixo, algumas dicas:

Antes de chegar do filhoteAos poucos, diminua a atenção dispensada ao cachorro ‘mais velho’. Ele vai aprender a lidar com essa frustração e, quando o filhote chegar, e, assim, há grande probabilidade dele não ficar triste se não receber tanto carinho.


Espalhe cheiros do mais novo ao mais velho e vice-versaPara uma ótima adaptação, aconselhamos que o primeiro contato entre os dois deverá ser por cheiro. Faça da seguinte forma: coloque pedaços de pano na casinha do mais velho e do novato com o cheiro de ambos.  Mantenha esses panos próximos à comida e à cama deles. Com isso, seu cão ‘mais velho’ vai relacionar o novo cheiro com situações agradáveis, como comer e descansar.

Primeiros contatos físicos
Estes primeiros contatos, deverá ser com cautela. Fique de olho em ambos, mas procura deixá-los bem a vontade. Só os separe caso eles comecem a dar mostras
comportamento agressivo. O tempo das aproximações, deverão ser aumentadas, pouco a pouco.

Prestigie o cão ‘mais velho’Deixe claro ao ‘mais novo’ que o ‘mais velho’ é o líder. Portanto, Alimente-o primeiro e dê a ele mais atenção para que ele se sinta em segurança. O filhote vai entender essa atitude e verá o outro como exemplo.

Torne-os amigos
Na presença do filhote, ofereça petiscos e dê carinho para que o mais velho não sinta que está na companhia de um cão inimigo ou concorrente.


Fonte:wwwportaldacinofilia.com.br